sexta-feira, 10 de abril de 2009

Mentiras da Vênus Platinada

Para perceber-se o mal que uma mídia alugada ou sujeita a monopólio pode causar, basta que se tenha contato com a notícia publicada pela Revista Veja colocando o Maranhão como o terceiro estado em matéria de desenvolvimento entre os anos de 2001 a 2007, praticamente o fim do governo Roseana Sarney e início da administração de José Reinando Tavares.

A revelação feita pela Fundação Getúlio Vargas é de deixar pasmos os maranhenses que no mesmo período pesquisado assistiram ao Sistema Mirante de Comunicação execrar publicamente um governo que, agora se comprova, foi o que mais contribuiu para tirar o Maranhão do atraso deixado por Sarney e colocá-lo nos trilhos do desenvolvimento.

Comprova-se, assim, que o monopólio dos meios de comunicação e seu uso político são extremamente danosos à população que tem esses veículos como referência. O engodo, a criatividade maldosa, a deturpação dos fatos, a orientação depravada que os repórteres recebem ainda na redação, tudo isso contribui para que a mídia consiga o que o Sistema Mirante tem conseguido ao longo do tempo: transformar anjos em demônios, gente responsável em vilões da coisas pública, inocentes em culpados, sem nenhum pejo, sem qualquer sinal de remorsos ou arrependimento.

Fica, então, cada vez mais claro que, se não é salutar uma intervenção do Estado para controlar o uso abusivo dos meios de comunicação, precisamos encontrar alguma forma de conter essas máquinas de moer personalidade usadas com fins políticos ou para atender a interesses de grupos.

Esta é uma prova irrefutável: o Sistema Mirante passou o tempo inteiro tentando fazer com que os maranhenses acreditassem que José Reinaldo fazia um péssimo Governo, e conseguiu empanar a visão de parte do povo hipnotizada pelo brilho da “Vênus Platinada”, um povo a crer que de tão poderoso veículo, tão mágico instrumento, só poderia sair a verdade. Ledo engano.

O governo saiu às ruas para expandir o sistema de água, para construir estações de tratamento de esgoto, numa tentativa louvável de arrancar o Maranhão do subdesenvolvimento. O Maranhão cresceu, desenvolveu-se, enquanto os meios de comunicação comandados por Sarney diziam exatamente o contrário. O povo era presa de uma hidra, um estranho animal de muitas cabeças, capaz de retardar mentalmente o poder de análise e convicção de qualquer um. O monstrengo poderoso, o Sistema Mirante de Comunicação, conseguiu fazer que o povo visse o que não via e impedir que visse o que realmente deveria ver.

Enquanto políticas públicas eficazes salvavam os maranhenses da vergonha de pertencer ao Estado mais pobre e atrasado da Federação, uma política de comunicação criminosa, engendrada nos bastidores das consciências, dava péssimas notícias do Maranhão, criando uma imagem tosca de abandono, de miséria, de falta de iniciativa administrativa; enfim, a mão poderosa da mídia sarneisista mentiu descaradamente sobre o Governo José Reinaldo. Não há mais porque dar fé pública ao que essa gente escreve ou diz. Eles adoram mentir.

Link para matéria original aqui.

4 comentários:

Pablo disse...

O Araujo Costa tenta ser discreto em fazer de tudo para reaver a direção do estado, mas chama tanta atenção...como não perceber tão ilustre multi-pop-figura? Para isso lança mão até mesmo do judiciário. Já que se vive um momento de "reexcitação" da democracia (Oba, Obama!), Araujo Costa não iria dar um golpe à 64 (Adios, Jango!) e acordar quem consegue dormir com um barulho desses: Xiu! Silêncio! Vai começar aquele meio jornal do meio dia daquela meia emissora!
|
Obs.: Eu estimava a um saco voando ao vento que anunciava uma chuva, mas não a Zé Reinaldo. Entretanto, em 2006, esta figura deu uma guinada de coerência jamais vista neste estado. Parabéns, Zé Reinaldo, nunca pude lhe dizer isto por falta de oportunidade, mas cá ela sugiu.

Anônimo disse...

A revira-volta deste estado de coisas publicado pelo sistema mentira de comunicação deve partir impreterivelmente da própria classe jornalistica. Não é possível que ninguém dessa categoria de profissionais tenha "peito" para enfrentar essa matilha da mirante, através de congressos, foruns e debates com a sociedade. cadê os grandes jornalistas sérios do maranhão que se deixam enlamiar por essa trupe de maus-carateres? Taí a prova de que o MMaranhão cresceu (veja) na era Zé Reneido, enquanto eles execravam o Governador e sua família o tempo todo.

Ricardo Santos disse...

Os blogues da mirante dispetaram novamente com a missaõ de detornar as metralhadoras contra Zé Reinaldo, Bastou para isso, uma rapida entrevista onde se mostrou disponivel para uma vaga do senado.
Boto fé, tem que ir mesmo, aquele senado tá um verdadeiro putero(pior..), e nao temas Zé Reinaldo, esse tissão sarneisista nao têm mais o que queimar.
O desgaste é tamanho, pra sarney só resta o STE. Isso mesmo, TAPETÃO, pois votos, necas!!!

Ricardo Santos disse...

Quero pedir desculpas pela palavra PUTEIRO. A verdade é que não tive uma palavra a altura para qualificar de forma elegante tudo que estão fazendo ali. Portanto, o senado federal hoje viriouu uma zona de baixo meretrício da pior espécie. Cheio de malandros, cafetinos, prostitutos, desqualificados que vendem nosso país, de acordo com as suas conbveniencias...