segunda-feira, 6 de outubro de 2014

O POVO REPROVA A VELHA POLÍTICA DE SARNEY



O sofrido povo do Maranhão cansou de ser enganado e, em um movimento formidável e espontâneo, decidiu dar um basta à família Sarney e a seu modo de fazer política, à farra com o dinheiro público, à ostentação dos novos ricos da política, aos privilégios inexplicáveis de alguns e, principalmente, à dureza de suas vidas, vidas da imensa maioria da população maranhense...

População essa que mais do que a de qualquer outro estado brasileiro sofre na busca por atendimento de saúde, de educação, de segurança, de transporte e, sobretudo, de respeito. A irresponsável maneira de conduzir o estado, a ausência de seriedade do governo estão na base de tudo e ajudam a explicar o desejo irrefreável por mudanças e pela imensa repulsa a uma só família que dominou com mão de ferro o nosso estado por tantos anos.

O patriarca dela, José Sarney, homem inteligente e político de imenso poder nacional, principalmente nos governos do PT, e ele mesmo Presidente da República por cinco anos, fracassou ao não entender a realidade de pobreza e dificuldades da vida da maioria dos seus conterrâneos.

Orgulhoso ao extremo, seu ideal era deixar marcado junto aos maranhenses uma imagem de estadista e de benfeitor do estado, mas deixou-se perder no meio do caminho e cuidou somente de se afirmar como um homem poderoso, temido, capaz de vinganças maldosas. Esqueceu daqueles que confiaram nele no início de sua vida política e passou a se dedicar a criar a imagem virtual de um Maranhão rico e desenvolvido e de um povo feliz. Virou as costas à realidade de muita pobreza e, pior, nada fez para mudá-la, a despeito do seu imenso poder pessoal.

Com efeito, hoje se dá conta de que sua imagem junto ao povo é de rejeição e repúdio e vê a sua segunda derrota eleitoral nos últimos anos, agora definitiva, pois não conseguirá cassar o novo governador para colocar a sua filha no poder, tal como fez com Jackson Lago.

Hoje, eu, que tanto fui perseguido por ele, fui eleito pelo povo do Maranhão. Enquanto isso, Sarney vai saindo da política pela porta dos fundos, agredindo antigos amigos que resolveram deixar seu grupo, uma opção de qualquer um, pois não existe escravidão entre nós. Essa é a sua verdadeira personalidade, isto é, ao mesmo tempo que assim age, diz a todos que não persegue ninguém.

Entretanto, vamos mudar de assunto, como pede Roseana Sarney, pois a vontade do povo se impôs e o próximo governador é Flávio Dino, o fiel depositário das esperanças do povo por mudança. O que o povo viu nele foi o mesmo que vi em uma certa tarde no ano de 2006. Acreditei que ali estava um homem estruturado por seu caráter, seu preparo intelectual e por sua conduta, uma evidente esperança de renovação da política maranhense, tão carente de novos valores...

Hoje vejo que o destino ajudou, pois dificilmente teríamos um candidato viável e preparado para representar a oposição após Jackson Lago e após a prematura morte de João Evangelista.

Vencida a eleição, com quase um milhão de votos de diferença, temos um resultado muito significativo para a oposição, destruindo o mito de que o “Palácio dos Leões” não perdia eleições. Um pleito instigante e renovador que deixou tonta a classe política, atônita de fato, com a determinação de mudança que impôs o nome de Flávio ao palácio e ao grupo palaciano. 

Vamos com alegria viver esses novos horizontes. Basta de notícias ruins, de corrupção, de violência e desamparo. Chegou a vez do Maranhão.

E para encerrar quero agradecer a todos os que votaram em mim, dando-me mais de oitenta e seis mil demonstrações de confiança. Uma eleição difícil, sem recursos, no meio de uma disputa em que muitos esbanjaram fortunas para obter votos. Fortunas constituídas muito provavelmente com dinheiro de origem incerta, o que mostra a necessidade de uma ampla reforma política que permita a livre manifestação do povo na hora de votar.

Mesmo assim, as dificuldades mostraram o grande número de amigos, na classe política e no povo, que valorizaram o meu passado e a origem da mudança que começou em 2004, quando sinalizamos que um novo caminho era possível para o Maranhão. 

Valeu todo o sofrimento e as dificuldades impostas para viver este momento tão rico e promissor da história maranhense.

Muito Obrigado!

6 comentários:

Carlos Eduardo disse...

Saudade dos seus artigos! Parabéns pela eleição! E agora é bola pra frente!

Sinval Moreira disse...

Valeu Deputado! Sempre creditei a você as mais apuradas articulações quando se trataram de enfrentamento do grupo Sarney, por isso votei e dentro dos meus limites lhe dei apoio por acreditar -como você- num projeto de um grande Estado. Parabéns, Agora sim! Avante Maranhão!!!

Pereira Vieira disse...

O Governador eleito Flávio Dino no discurso da vitória, no dia 05/10, na praça maria aragão afirmou que:

- José Reinaldo Tavares foi o único homem que conseguiu derrotar o Senador José Sarney por 2 vezes consecutivas!

parabéns Zé e que Deus te ilumine nessa nova empreitada!

Que venham dias melhores ao nosso Maranhão

Rosimary Noleto disse...

Parabéns pela vitória,acreditamos que seria possível e foi;como esquecer o "saúde na escola",projeto tão importante que ela deixou no esquecimento e que,tenho certeza,Zé Reinaldo e Flávio trarão de volta.Sucesso pra você Deputado.

Anônimo disse...

Eu não votei em você, porém fiquei contente com a sua vitória nas urnas. Não foi fácil enfrentar um poder tão sórdido como esse que você enfrentou. Parabéns e mãos à obra para ajudar o novo governador e, principalmente, o povo que reside no Maranhão. Saúde, sabedoria e boa vontade nesse nova etapa de sua vida.

Ulcilas Aquino disse...

Sou leitor contumaz de seu Blog e quero lhe desejar sucesso nesta nova luta